"Mil Dias em Veneza" de Marlena de Blasi

sexta-feira, setembro 20, 2013

"Mil Dias em Veneza"
Autora: Marlena de Blasi
Tradução: Fernanda Abreu
Editora: Sextante
232 páginas


Sinopse: Este livro pode parecer um conto de fadas, mas é uma história de amor verídica – o amor entre uma mulher e um homem, o amor pela comida e o amor por uma cidade. Por muito tempo, Marlena de Blasi resistiu a ir a Veneza. Até que, em 1989, seu trabalho como chef e crítica gastronômica tornou impossível continuar adiando a viagem. Assim que pôs os pés na cidade, ela ficou completamente seduzida. Seu encantamento foi tão grande que decidiu voltar todos os anos. (leia mais aqui)





Olá pessoal, tudo bem com vocês?!

Hoje a resenha é do livro “Mil dias em Veneza”, de Marlena de Blasi. Sempre tive a curiosidade de lê-lo desde o lançamento, pois sou uma grande admiradora da cultura italiana. Além disso, o livro prometia uma história de amor irresistível como pano de fundo. A meu ver, juntar amor e a cidade de Veneza parecia uma combinação perfeita para uma história.

Ao receber o livro da parceira Sextante, logo me surpreendi ao descobrir que a história não é fictícia. Marlena de Blasi, autora da obra, divide conosco parte de sua vida. Ela é uma mulher que está, na época da história contada no livro, com cerca de cinquenta anos (eu supus essa idade, pois no livro ela não diz com exatidão), solteira, mãe de dois filhos adultos, independente, chef de cozinha e escritora gastronômica e, como ela mesma diz, ‘calejada’ amorosamente.

Em uma de suas viagens de trabalho, Marlena vai à Veneza, cidade pela qual ela sempre manteve uma relação não muito amistosa. Porém, dessa vez, Marlena se vê observada por um homem que, em pouco tempo, se mostra obcecado por ela. Ele é Fernando, ‘o estranho’ como ela própria o chama, um italiano bancário, que tenta de tudo para conquistá-la, sem parecer um louco, se isso é possível.  Resultado disso: em algumas semanas, eles estão apaixonados, mesmo sem nenhum dos dois falar a língua do outro. Em questão de pouco tempo, Marlena resolve abrir mão de sua vida bem-sucedida nos Estados Unidos para se casar com ‘o estranho’ e viver em Veneza. É esse período de vida na nova cidade, às adaptações à nova cultura e ao homem com quem decidiu passar o resto da vida, a nova rotina, a vida cotidiana, as dúvidas, medos e anseios que nos são apresentados pela autora no livro.  

A história de amor entre Marlena e Fernando, ambos maduros e com seus traumas, está longe de ser um lindo e perfeito conto de fadas. Diversas vezes, duvidei se ela acabaria bem e, se eu não soubesse que é uma história autobiográfica, acharia loucura a forma como ela se desenrolou, tão repentina e com tantas mudanças profundas, entre elas deixar uma bela casa nos EUA para viver em um apartamento decadente, caindo aos pedaços, em Veneza. Como se não bastasse, a forma como Marlena descreve Fernando, sempre de uma maneira um tanto pejorativa, como um homem frágil emocionalmente e extremamente cabeça dura, com olhos de pássaro morto, me fazia questionar os sentimentos dela. Às vezes, tentava me convencer de que eles tinham algo em comum. Mas é como dizem, a vida real é mais cheia de surpresas que as histórias fictícias e, entre Marlena e Fernando, os opostos realmente deram certo.  A história dos dois continua em “Mil dias na Toscana”, cidade onde passam a viver depois de Veneza.

“Mil Dias em Veneza” é uma leitura agradável, com uma história simples, da vida cotidiana de duas pessoas maduras que não desistiram do amor, sem medo de arriscar, seguir os sonhos, recomeçar e ser feliz. Acredito que quem tenha gostado de “Comer, Rezar e Amar” possa também gostar desse livro. Ah, e para quem gosta de gastronomia ou busca um roteiro para conhecer Veneza, esse livro também é altamente recomendável. A autora dá dicas que só quem mora e conhece os segredos de uma cidade poderia dar, além de passar as receitas dos pratos citados ao longo da história.

E aí pessoal, já leram esse livro? Gostam desse tipo de história?

By Débora


Poderá gostar também

2 comentários

  1. Também adoro a Itália! Li o livro dela que se passa na Toscana e fiquei curiosa em ler esse também! Fiquei mais curiosa depois da tua resenha!
    Abraços
    Lídia

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é uma ótima oportunidade de se conhecer Veneza pelos olhos de alguém morando na cidade! Vale a pena ler! Obrigada pelo comentário, Lídia!
    Bjos

    ResponderExcluir

- É permitido divulgar o endereço do blog/site, desde que seja feito em um comentário a respeito do post.
- Comentários realizados apenas para divulgar blogs/sites/promoções serão apagados.
- Utilize o formulário de CONTATO para avisos a respeito de memes/promoções/parcerias.

Popular Posts

Twitter

Instagram