Os 10 livros mais lidos no mundo até hoje!

quarta-feira, dezembro 21, 2016

Olá, leitores! Tudo bem com vocês?!

Hoje viemos com um post que tivemos ideia de fazer ao navegar na internet e, a nível de curiosidade, decidimos compartilhá-lo. Afinal de contas, vocês sabem quais são os livros mais lidos ao longo do tempo? Quais são os títulos que, até hoje, conquistam leitores ao redor do mundo? Perguntas curiosas e interessantes, não?!

Pois bem, todos os dias milhões de livros são vendidos e, a cada ano, surgem novos best-sellers, novas 'febres' literárias que, durante certo período de tempo, se tornam sensação e experimentam a popularidade entre diversos leitores. Entretanto, pode-se dizer que a 'hype' de muitos deles tem certo período de duração e, mesmo figurando entre a lista de mais lidos por certos meses, logo são substituídos por outra sensação momentânea. Com certeza, você deve estar lembrando de muitos títulos que se encaixam nessa descrição. 

Porém, há aqueles livros que são verdadeiros clássicos, para os quais o tempo não consegue apagar seu valor literário. Passam-se décadas e séculos e esses títulos continuam, assiduamente, atraindo e cativando leitores, apesar das diferenças geográficas, linguísticas e temporais que separam a data de sua escrita do seu leitor. São livros com poder histórico que marcaram a literatura a nível mundial. 

Nessa lista de dez livros mais lidos até hoje*, todos os títulos alcançaram vendas consideráveis de cópias ao redor do mundos. (*livros religiosos não foram considerados). Vamos a ela?!


Dom Quixote (Miguel de Cervantes)
De acordo com o site Howstuffworks, o livro Dom Quixote, publicado no século XVII, possui mais de 500 milhões de cópias vendidas. Composto por 126 capítulos, divididos em duas partes, o título narra a famosa história de Dom Quixote de La Mancha, um cavaleiro errante que perdeu a razão e, acompanhado de seu fiel escudeiro Sancho Pança, vive lutas imaginárias.







Um Conto de Duas Cidades (Charles Dickens)
Escrito no século XIX, este é o romance de maior sucesso escrito pelo clássico autor inglês Charles Dickens, alcançando a venda de mais de 200 milhões de unidades. Baseado na obra de 1837, do historiador escocês Thomas Carlyle, o título de Dickens trata sobre os efeitos da Revolução Francesa na Inglaterra. Evitando o posicionamento político, o autor centra a narrativa em abordagens sociais e análises individuais, consequentes do turbulento momento vivido. Através dos mais diversos e marcantes personagens. entre eles prisioneiros, vagabundos, malandros, camponeses, burgueses e aristocratas, Dickens faz uma verdadeira e profunda observação do que foi o período e de que como ele atingiu as mais diversas camadas da sociedade. 




O Alquimista (Paulo Coelho)
Representando o Brasil, a língua portuguesa e a literatura contemporânea, Paulo Coelho também figura entre os mais lidos do mundo, com seu livro "O Alquimista". Publicado no final da década de 80, estima-se que o título teve mais de 150 milhões de cópias vendidas até hoje. A história narra a saga de Santiago, um menino pastor andaluz que deseja partir em busca do mais magnífico tesouro do mundo. Deixando sua casa na Espanha, ele vai aos mercados do Tânger e atravessa o deserto egípcio, indo ao encontro do alquimista. Os tesouros que Santiago encontra em sua jornada ensina sobre aprender a ler os sinais que aparecem no caminho, o valor de se escutar o coração e de seguir os sonhos. 




O Senhor dos Anéis (J. R. R. Tolkien)
Sucesso literário e também cinematográfico, O Senhor dos Anéis é uma trilogia que sucede a obra O Hobbit. Com mais de 150 milhões de cópias vendidas e traduzido para mais de 40 idiomas, a trilogia foi escrita pelo autor inglês J.R. R. Tolkien, tendo sua primeira publicação feita em meados da década de 50, tornando-se rapidamente muito popular e uma das principais obras do século XX. A saga literária se passa em uma Europa mitológica, onde humanos convivem com seres míticos. O protagonista é Frodo, um hobbit que necessita destruir um anel que confere poderes inimagináveis e perigosos a quem o possui.





O Hobbit (J. R. R. Tolkien)
Também escrito por Tolkien, a obra antecede a saga de O Senhor dos Anéis. Publicado, pela primeira vez, em 1937, O Hobbit já ultrapassou a venda de mais de 140 milhões de exemplares. Sendo considerado um clássico da literatura infanto-juvenil, o livro conta a saga do hobbit Bilbo Bolseiro para conquistar o tesouro guardado pelo dragão Smaug.






O Pequeno Príncipe (Antoine de Saint-Exupéry)
Outra obra infanto-juvenil clássica, porém com reflexões que todo adulto deveria fazer, O Pequeno Príncipe é um marco da literatura mundial. Com narrativa poética e abordagem existencialista, a história conta sobre um piloto de avião que cai em um deserto, onde encontra uma criança solitária, que afirma ter vindo de um pequeno planeta. Os dois passam a conviver e, juntos, começam a repensar valores e o sentido da vida. Com mensagem universal, O Pequeno Príncipe foi publicado em mais de 160 idiomas e dialetos, sendo a obra mais traduzida no mundo, ficando apenas atrás de livros religiosos, como a Bíblia e o Alcorão. Lançado pela primeira vez em 1943, o livro já ultrapassou a marca de 140 milhões de cópias vendidas.   




Harry Potter e a Pedra Filosofal (J. K. Rowling)
Publicado em 1997, esse é o primeiro livro da famosa saga "Harry Potter", que vem marcando as novas gerações. Escrito pela autora britânica J. K. Rowling, o livro narra a história de Harry, um menino órfão, que vive com os tios e o primo, os quais não o suportam. Sua vida muda quando, inesperadamente, ele recebe uma carta para ingressar em uma grande escola, especializada em formar bruxos. Lá, Harry conhece um novo mundo, repleto de magia e aventura, e um novo lar, com amigos para toda hora e pessoas que o amam. Estima-se que apenas o primeiro volume da série já tenha vendido mais de 107 milhões de cópias.



O Caso dos Dez Negrinhos (Agatha Christie)
Agatha Christie é uma das escritoras de maior sucesso mundial, só perdendo em vendas para a Bíblia e para o conjunto de obras de Shakespeare. Seu livro "O Caso dos Dez Negrinhos" é o grande representante do trabalho da autora, tendo alcançado mais de 100 milhões de exemplares vendidos. Publicado pela primeira vez em 1939, o livro causou polêmica nos Estados Unidos por conta de seu título "Ten Little Niggers" ('little niggers' = negrinhos) e, por isso, lá a obra é conhecida como "And Then There Were None" ou "Ten Little Indians". Com muito mistério e suspense, o livro conta a história de dez diferentes pessoas que são convidadas por um casal para passar o fim de semana em uma mansão na ilha de Devon. A partir de então, mortes inexplicáveis começam a acontecer. 



O Sonho da Câmara Vermelha (Cao Xueqin)
O Sonho da Câmara Vermelha é uma obra-prima da literatura chinesa, sendo um dos quatro grandes romances da China. Devido à inquisição literária predominante no país durante as Dinastias Ming e Qing, o livro, escrito durante a Dinastia Qing, em meados do século XVIII, foi publicado primeiramente de forma anônima. Somente após certo tempo, atribuiu-se a autoria ao escritor e pintor Cao Xueqin, que morreu cinco anos antes de a obra ser publicada. A história trata sobre um triângulo amoroso entre a protagonista, Jia Baoyu, e seus dois primos. Acredita-se que a obra tenha cunho biográfico, descrevendo uma família nobre da época com muito detalhamento e precisão. Com a maioria dos personagens sendo do sexo feminino, o autor, ainda no primeiro capítulo, afirma ser o livro um memorial para todas as mulheres que ele conheceu quando jovem, entre elas, familiares amigas e serviçais. A obra já ultrapassou a marca de 100 milhões de cópias vendidas. 

Ela, a Feiticeira (H. Rider Haggard)
Escrita pelo mesmo autor de "As Minas do Rei Salomão", o britânico e vitoriano Henry R. Haggard, "Ela, a Feiticeira" é uma obra de aventura e fantasia, publicada pela primeira vez em 1887. Narrando a história do professor Horace Holly e de seu aluno Leo Vincey, a trama tem como cenário uma região inexplorada no interior da África. Lá, os dois personagens encontram uma civilização perdida, obediente a uma misteriosa feiticeira chamada Ela. O livro já teve mais de 100 milhões de exemplares vendidos.






E então pessoal, o que acharam dessa lista? Quais títulos já leram?

Fonte: Wikipedia

Poderá gostar também

0 comentários

- É permitido divulgar o endereço do blog/site, desde que seja feito em um comentário a respeito do post.
- Comentários realizados apenas para divulgar blogs/sites/promoções serão apagados.
- Utilize o formulário de CONTATO para avisos a respeito de memes/promoções/parcerias.

Popular Posts

Twitter

Instagram